–> Até que enfim…

Ok, vamos falar sobre o casamento gay. Eu sei que não é casamento, escrevi só pra dar ritmo à frase. Falem em voz alta e reparem que rima com o OK e fica legal!Mas é sobre isso mesmo que a Mari quer falar. É impressionante que o assunto do momento deixa de ser assunto do momento tão rapidamente. Tenho a impressão de que sempre estarei atrasada no blog. Por exemplo, enquanto estou aqui escrevendo sobre o reconhecimento da união estável entre homoafetivos, já tá todo mundo falando sobre o (não) metrô na vila aristocrática de Higienópolis. E, sinceramente, queria muito falar sobre isso. Mas não posso, porque quero muito falar sobre a decisão do STF e preciso seguir a cronologia… E como Chronos não é dos mais amigáveis, é melhor mesmo colaborar com ele se não ele me come antes do tempo (alguém pegou esse meu trocadilho péssimo???).

Mas vamos direto ao assunto… Querem saber a minha opinião? Nem tem o que falar.  Sou muito a favor, completamente a favor. Por quê? Porque sim. Na minha opinião é quase como perguntar se concordo com o direito de ir e vir. Para mim é tão simples, tão óbvio. Estávamos atrasados nessa questão, sim, porque em muitas outras ainda estamos e talvez por muito tempo. Só nesse ponto que já deixamos de sê-lo.

E, por favor, não me venha com justificativas religiosas. Primeiro, porque nem todo mundo acredita na mesma coisa que você, logo, hello!!! para essas pessoas pode ser totalmente aceito. Segundo, porque preconceito é pecado tá?! Você não é ninguém para julgar outro alguém. Terceiro, porque se você segue a Bíblia, você deveria fazer sexo só depois do casamento e somente para fins de procriação. Ou seja, se você não é casado nem virgem é bom começar a pedir perdão e se você é casado, mas usa métodos contraceptivos, acompanhe o coleguinha na oração. Portanto, se você é casado há dez anos e não tem, no mínimo, seis filhos, OOU (aquele som do ICQ sabem?) você pecou, querido.

Mas a melhor e mais indiscutível justificativa para a invalidade das justificativas religiosas é que este estrago de país é laico. Entendeu bem? L-A-I-C-O! Sabe o que significa esse termo? Se não sabe a Mari ajuda:

“do grego, laikos. 1. V. leigo. 2. Secular, por oposição a eclesiástico.”

Sacou? Ou seja, apesar de não parecer e de fato não ser, o Brasil é um país leigo, sem nenhuma ligação com qualquer religião, ainda que tenhamos uma maioria católica (puta balela né? Quase ninguém é realmente praticante por aqui), nenhum assunto de Estado pode ser resolvido com base em diretrizes religiosas. Fim da linha pra você, que leva uma vida fácil pondo a culpa de tudo que você faz ou deixa de fazer em Deus.

E se você é daquele tipo desprezível que gosta quando homoafetivos apanham ou morrem por aí, shame on you, você não é devoto de nenhum Deus, você é devoto de Hitler e seus coleguinhas que ardem no inferno nesse exato momento. Sem falar no fato de que práticas homossexuais já foram constatadas na natureza, realizadas pelos nossos queridos seres irracionais, o que nos leva a discutir se é uma prática tão antinatural assim como gostam de dizer por aí.

Portanto, digo curta e grossa, meu querido, se você é contra a felicidade legítima e inofensiva dos outros e a igualdade de direitos, senta e chora. You lost!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

3 respostas para –> Até que enfim…

  1. ursula disse:

    chorei de rir como Hellooooo e o OOU do ICQ…nem sabia q vc era dessa época. bjos amiga, saudades!

  2. Destro disse:

    Esse assunto é tão óbvio (como você mesma apontou) que nem vale a pena repetir opiniões aqui. Aproveito o espaço pra dizer que logo no comecinho do texto eu pensei: “Aposto minha vida que ela vai falar indignada que o Brasil é um país laico.” Hahaha!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s