–> Todo carnaval tem seu fim – II – Unidos da Tijuca

tijuca tobo

O carro megalomaníaco do ano: toboágua na avenida

A escola trouxe como enredo a Alemanha “encantada” e para isso se utilizou da fórmula PB. Isso mesmo. O desfile da Tijuca foi marcado pelos elementos característicos do carnavalesco Paulo Barros: carros humanos, comissões de frente com truques e pelo menos um carro alegórico com uma estrutura megalomaníaca (cito a mim mesma num texto anterior). A verdade é que a escola vem levando a sério a máxima: “em time que está ganhando não se mexe.” Pois bem, acho bacanas as inovações trazidas por Paulo Barros, mas confesso que já estou me cansando. Colocar um toboágua meio deslocado do enredo me pareceu exemplo do esgotamento dessa equação. Talvez, o terceiro lugar no desfile desse ano reflita um pouco disso.

Qual o truque?Fio de nylon fazendo flutuar o martelo de Thor

Qual o truque?
Fio de nylon fazendo flutuar o martelo de Thor!

E ainda tem o carro lembrando a chegada do homem à lua… Aí você se pergunta: mas que cargas d’água faz um carro com essa temática num desfile que homenageia a Alemanha? Então, há um alemão, cujo nome realmente não sei, que teve importante atuação nessa empreitada, pois estava relacionado às pesquisas com foguetes e outras coisas. Entre essas outras coisas estava o míssil. Em entrevista ao programa da Ana Maria, ele disse que recorreu à lua para não trazer a guerra para uma festa como o Carnaval. Pfff. Ou seja, o cara inventa o míssil e o foguete, o carnavalesco escolhe o segundo e ignora o primeiro. A sorte de Paulo Barros é que não fez o desfile na Alemanha, pois poderia ser processado. Afinal, na terra da cerveja negar o Holocausto é crime.

Ok, exagerei, fui dura. Mas é que estou meio cansada (embora não consiga deixar de assistir) desses desfiles vendidos, exagerados, deslocados… Talvez o time não esteja mais ganhando e exija agora uma mudança… Mais inovação ou um simples retorno ao tempo em que o samba, no pé ou na boca das arquibancadas da Marquês de Sapucaí, era mais importante do que gente voando ao invés de sambando.

PB = ct + ch + em

PB = ct + ch + em

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , . Guardar link permanente.

4 respostas para –> Todo carnaval tem seu fim – II – Unidos da Tijuca

  1. Pois é. Vi os carros de perto, era mto megalomaniaco. confesso que dessa vez o truque da comissão de frente foi mto fraco, sem mistério, qlq criança q tenha um kit de magica, ou msm as que nao tem, consegue desvendar!
    Pois é II. O cara me fala de um fulano X, coloca carros e alas pra um alemão que ajudou um bando de americanos a pisar na lua e esquece os filósofos. PORRA! tava esperando o desfile todo por uma ala com Nietzches bigodudos, Hegels, Schopenhauers, Kants com peruca. Acho que a contribuição dos filosofos alemães sao mto maiores do que a de um cara q ajudou a NASA. Nd a ver essa Lua mesmo. Sem a narração da Globo do lado de fora da Sapucai eu nao entendi porra nenhuma, nem esse toboágua e os playmobils…

  2. Paola Ribeiro disse:

    “…na terra da cerveja negar o Holocausto é crime.” belíssimo !!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s