–> Classe média sofre

Eu não deveria estar escrevendo agora. Deveria estar indo fazer minha prova para o mestrado. Mas a consulta das redes sociais pela manhã, que já se tornou rotina, vira e mexe me dá siricutico e eu preciso comentar o que vejo por aqui (internet). Eis que então, eu levanto pela manhã e vou conferir meus emails, acabo dando um pulo no facebook (não tem jeito, essa desgraça vicia). O que eu vejo por lá? A seguinte imagem:

Oi?

Oi?

Sentiram que não dá para deixar passar em branco né? E eu digo isso porque sou classe média e basta notar qual o meu grande compromisso de hoje para perceber isso. E é exatamente por ser de classe média que não canso de me questionar como ela pode ser tão mesquinha e preguiçosa. Como pode não parar para refletir um minuto? Vejam bem, sou muito crítica ao Bolsa-família, mas podem ter certeza que meus motivos passam longe da ideia de que “meu suor se transforma em imposto que é em parte roubado pelo governo, em parte partilhado entre vagabundos que não querem trabalhar e são sustentados pelo Estado”. Porque só sendo muito preguiçoso (mal caráter também serve) para achar que é muito legal viver de bolsa-família. Aliás, não sei como ainda existe pobre no Brasil, porque né, Bolsa-Família é uma fortuna!

Um pouco de reflexão não faz mal a ninguém. E, apesar de me divertir muito com alguns, estou cansada dos lamentos de quem não tem do que reclamar!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s