–> O adeus de Nicolau

Não tive a honra de ser sua aluna regular. Não deu tempo. Pouco depois que entrei na universidade ele se aposentou. Aposentadoria essa que não me impediu de assistir palestras em que ele esbanjava tudo aquilo que fazia dele um professor especial e que tantas pessoas vêm relembrando desde que recebemos a notícia. Seus livros não substituem suas aulas/palestras que eram, a bem dizer, verdadeiras performances; mas eles servem como testemunho atemporal de sua generosidade, como disse um outro professor do nosso departamento. Eles atestam sua incrível capacidade de articulação de ideias, temas, tempos e espaços; comprovam sua competência enquanto historiador; confirmam os relatos já saudosos de sua pessoa, cuja visão de mundo se pautava na difusão do conhecimento para além dos academicismos.

É sempre muito difícil escrever de supetão sobre a morte de alguém que admiramos, não é a primeira vez que faço isso em 2014 e a julgar pelo andar da carruagem, não será a última. Mas muitos já escreveram lindamente sobre tudo o que Nicolau representava; no Facebook e em jornais os elogios são muitos e tantos que quase chegam a dar conta da pessoa que ele foi. Digo que quase dão conta, porque tem gente que não basta contar, é fundamental conhecer. E ele era assim. Nenhum relato jamais será justo com a experiência de ouvi-lo e vê-lo, mas acho que essa frase chega perto: “Era um homem de belas letras e a academia não roubou sua alegria.”

Uma das maiores referências nos estudos de História da Cultura, ele vai, mas sua obra e a memória de quem teve o prazer de conviver com ele ficam. Ficam para nos lembrar sempre que pessoas como ele ainda são muito raras e que é preciso vencer as barreiras burocráticas para a coisa realmente valer a pena. Ontem, ao receber a notícia, tudo o que queria era estar em casa para poder pegar os livros escritos por ele que se espalham pelas minhas prateleiras e dormir abraçada com eles, tentando aconchegar e ser aconchegada por tudo aquilo que está ali e vai além.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s